27.8.21

A SAFADEZA DA MINHA ESPOSA EXIBICIONISTA É 1000

Meu nome e Lucia, tenho trinta e cinco anos, sou morena, tenho um corpo muito sensual e sou exibicionista convicta! Sempre gostei de provocar os homens com minhas minissaias e calcinha minúsculas, principalmente quando me sento e cruzo as pernas. 
Meu marido Marcos sempre soube desta tara. Depois que nos casamos, me confessou que tem tesão que eu me exiba para os seus amigos e, quando faço isso ele fica muito excitado e trepa comigo como um louco. 
Um dia ele convidou Júlio, um amigo, para vir aqui em nossa casa, e me falou que queria me ver se exibindo para ele. Quando o cara chegou, eu estava na cozinha só de camiseta e calcinha preta fio dental. 
Quando eles entraram na cozinha, o cara ficou parado me olhando por um tempo, me cumprimentou, me deu um beijo e um abraço. Meu marido pediu licença e foi até o banheiro, nos deixando ali sozinhos... Júlio não tirava os olhos da minha bunda e disse que eu era muito linda e gostosa. Dei-lhe outro abraço e perguntei, se ele achava que eu era tudo aquilo mesmo. Virei a bundinha para ele e perguntei se ele gostava...Ele passou a mão, apertou com as duas mãos e me deu um beijo no pescoço.
Meu marido voltou e nos sentamos em volta da mesa. Júlio começou a alisar minhas pernas, chegando até a calcinha. Meu marido fazia de conta que não estava vendo. Depois de umas quatro cervejas fomos para sala. Marcos foi na frente. No corredor Júlio me puxou pela mão, me abraçou, colocou a mão dentro da minha calcinha e chupou meus seios. Me soltei dele e fui para a sala, Júlio veio atrás de mim. Quando chegou na sala falou para o Marcos que eu era muito gostosa. 
- Meu amigo você acha mesmo? Fique à vontade, a mulher é sua também!
Júlio tirou minha camiseta, me deitou no tapete e começou a arrancou minha calcinha, passou a mão, beijou minhas coxas e chupou minha boceta com toda a força. Fizemos um sessenta e nove com muito tesão, até gozar em sua boca, me virou de quatro e socou o cacete na minha boceta, que estava encharcada de gozo, depois de um bom tempo socando na minha boceta, Júlio tirou o cacete da boceta e começou a socar no meu cu. Marcos estava babando de tesão, vendo o cacete do Júlio dentro do meu cu. Marcos tirou o cacete dele para fora e colocou na minha boca. Enquanto tomava cacete no cu outro cacete fodendo minha boca, não teve outro jeito se não gozasse os três juntos. Fomos tomar banho os três juntos. Júlio foi embora, Marcos me levou para a cama e me fodeu de novo, na boceta e no cu, com mais tesão. Depois ele me prometeu, que aproxima semana, ele vai chamar o seu amigo nené, que tem um cacete de vinte dois centímetros!

25.8.21

COMO OS "MATCHOS" MIJAM DE PAU DURO?

Os homens acordam de pau duro?? Sim, mas nem todos, só os MATCHOS!!
Ai a mulherada, e não só as loiras, "se" perguntam:
Por que isso ocorre? Estariam eles, os MATCHOS, sonhando com a vizinha gostosa, com aquela secretaria tesuda, com uma piriguete qualquer, todas as noites?                                           

22.8.21

O AMANTE METE MELHOR QUE O MARIDO? SERA?







Essa é uma pergunta interessante e que sempre surge no meio liberal.A ideia aqui não é menosprezar os namorados e maridos cornos, mesmo porque ela só transa com outros, porque você gosta e porque ela se sente segura com você. Então, pensando assim, o corno tem um papel principal de dar amor,carinho e proteção. Quanto ao comedor fica a função de comer bem, de satisfazer a vontade e os desejos sexuais da sua esposa. 

Já parou pra pensar você comendo arroz com feijão todos os dias? 

Então é por isso que o novo, o diferente sempre surpreende, nesse sentido a mulher acaba sentindo um tesão maior quando está transando com o comedor, ela delira na pica de outro macho alfa, não é?


19.8.21

USEI A BUCETA PARA SER PROMOVIDA NA EMPRESA. SOU PUTA?

Me chamo Mayumi 32 anos, sou nissei, branquinha, miudinha, casada há dez anos com Cassio, um homem encantador que me deu um filho lindo. Tudo ia bem até a chegada dessa pandemia que fodeu nossas vidas. Um belo dia, ao chegar em casa meu marido me deu a notícia que havia perdido o emprego. Tínhamos despesas e muitas dívidas e só com o meu salário e zero de economias não sei como faríamos para viver. 
Depois de três meses a situação estava muito difícil: Cassio não arrumava novo emprego, minha promoção não acontecia e as contas começavam a atrasar. Resolvi conversar com Dr. Geraldo, dono da empresa, explicar a situação, e pedir para um cargo de gerência que dobraria meu salário. 
Como sabia que ele tinha uma “queda” por mim, notava que ele dava umas secadas e encaradas, mas não tinha coragem de tentar algo por nos dois éramos casados e eu por eu nunca ter dado confiança, mas teria que usas todas as armas para conseguir a promoção. Vesti uma roupa branca transparente que deixava à mostra minha pequena calcinha, sem contar o decote generoso. 
 Quando entrei na sala Dr. Geraldo, ele estava ao telefone, debrucei na janela deixando a mostra o que tenho de melhor - minha bunda! Seus olhares me devoravam, fazendo com que eu parecesse estar completamente nua em sua frente. 
- O que aconteceu de tão urgente Mayumi?
Expliquei a situação, que no tempo que estava na empresa sempre tinha sido uma funcionária correta e batalhadora e que precisava de uma promoção e um salário melhor.  
- Mayumi, esse assunto é longo. O melhor é deixarmos para conversarmos após o expediente quando estaremos mais tranquilos.
- Claro Dr. Geraldo volto lá pelas 19 hs ok?
Como combinado voltei à sala dele no horário marcado. O chefe abriu a porta, me seguiu com os olhos...
- Vamos nos sentar ali no sofá, ficaremos mais à vontade para conversarmos!
- Claro. (já tinha entendido as intenções dele!)
- Mayumi, acho que você tem todas as qualidades para o cargo e tem também outros atributos que eu admiro...
- Obrigada. Fico lisonjeada e nem sei o que falar.
Ele foi chegando perto, colocou a mão nas minhas pernas e tentou me beijar.
- Doutor Geraldo, por favor, não... Sou casada e nunca tive relações fora do casamento, nunca trai meu marido.
- Mayumi também sou casado, mas sempre tive muito tesão por você! Vou ser direto – Te dou a promoção, dobro seu salário, mas você será minha gueixa. Caso contrário você fará companhia para seu marido. será demitida! 
Enquanto eu pensava na proposta ele foi subindo as mãos nas minhas pernas até chegar na minha calcinha. Não tinha escolha, então resolvi me entregar, abri as pernas e deixei com que tirasse minha calcinha... Foi enfiando seus dedos na minha buceta. Não oferecia mais resistência e me submetia suas ordens, estava me sentindo realmente uma gueixa, sua escrava sexual. Abri bem as pernas e sentia seu dedo me penetrando com força, chupou meus seios e depois foi descendo língua até minha xoxota. O cara sabia manusear muito bem, tocando certinho no ponto em que me excitava, o que começou a fazer com que eu amolecesse e fizesse sair da razão para dar lugar a emoção. 
Trouxe-me para a ponta do sofá, abaixou sua calça e tirou para fora a rola enorme, bem maior que o do meu marido... Pedi que colocasse devagarzinho, mas o chefe não quis saber, estava tão sedento de sexo, que meteu com força na minha buceta. Confesso que no início doeu um pouco, mas depois fui relaxando e gostei daquela pica enorme que entrava todinha, me rasgando inteira. Sem perceber estava rebolando e meu chefe notou e começou a dizer: 
- Vai sua vagabunda, sua puta, rebola na minha vara, vai mexer gostoso. 
E com estas palavras me deixava mais excitada até que chegou um momento em que não aguentamos mais e gozamos juntos. 
Me recompus e comecei a pensar no meu marido que me esperava chegar do serviço, e pedi para que me deixasse ir embora, com que ele concordou, mas me fazendo prometer que haveria outras vezes. Eu disse que sim, mas teria que me promover primeiro. 
Consegui minha promoção. Atualmente eu sustento a casa, meu marido até desconfia da situação, mas não fala nada. Me sinto uma Puta!

18.8.21

SEXO COMO ELÉ É #7 - DUPLA PENETRAÇÃO COM MUITO CREME


"Eles trocam de posição é a vez de M# foder B@ ...então ele penetra-a bem devagar e com movimentos suaves B@ geme de tesão e agarrar o membro de C* e acaricia-o com movimentos suaves. Os três brincam cheios de prazer e tesão, B@ pede para ser penetrada pelos dois ao mesmo tempo, ele rapidamente atendem ao pedido C* penetra bem devagar o cuzinho e logo M# mete na buceta... B@ geme de tesão cheia de prazer. Com movimentos coordenados e suaves eles fodem cheios de tesão..fodem fodem fodem ate os 3 gozarem de prazer…"

15.8.21

OS NUDES DA EX PASTORA BATISTA NIKOLE MITCHELL


Aos 37 anos Nikole Mitchell tomou uma decisão radical: Abandonou a profissão de pastora batista para viver sua sexualidade. 

Para a sorte dos punheteiros de plantão a ex pastora, que cresceu em uma família religiosa no estado americano de Ohio, resolveu postar fotos íntimas no site OnlyFans. Atualmente ela fatura cerca de US$ 100 mil dólares por mês e se diz realizada com a nova forma de viver: "Eu honestamente acho que nasci para ficar peladinha”. 

Nikole conta que, aos 20 anos, iniciou os estudos para virar pastora da igreja e, por um longo tempo, não teve nenhum envolvimento com homens, dedicando-se exclusivamente às atividades da igreja. "Eu acreditava que sexo antes do casamento era errado e, como não queria me desentender com Deus preferi não se encontrar com ninguém". Depois que virou pastora e aprendeu a dar sermões Nikole achou que tinha descoberto sua verdadeira vocação – a religião. Só que não! 

Depois que descobrimos os nudes da ex pastora temos certeza que Nikole fez a melhor escolha!



















12.8.21

DOU O CUZINHO PARA O MACHO FIXO DA MINHA ESPOSA


#confesso_que - Minha esposa tem 45 anos, somos casados há quase 20 anos. Temos um comedor fixo faz 10 anos que mete muito e enche a bucetinha dela de porra. Quando ele termina e descansa, eu chupo todo o leite ainda quentinho, deixando-a limpinha para ele gozar de novo. Gosto de beijá-la depois que o macho goza na boquinha dela e ela me passa toda a porra para eu engolir. Só fazemos isso com este macho fixo, que tem muita porra. Outra coisa que me dá tesão é meter na buceta dela, depois que ele gozou dentro.

Minha esposa não sabe que ele me enraba, pensa que eu sou muito macho! Gosto de chupar a rola dele. Quando ela não está em casa eu faço a festa, chupo muito e depois ele empurra a rola de 22 cm no meu cuzinho! Delícia!


11.8.21

#TBT FABIANA "MAMA" BBB NA REVISTA SEXY


No ensaio da ex-BBB Fabiana para a revista Sexy (julho 2012) “A mãe mais desejada do Brasil”, mostrou todo derrière e provou que está com tudo em cima aos 36 anos.

O ensaio da também conhecida como Mama, segunda colocada do reality show Big Brother Brasil, da TV Globo, foi feito em uma fazenda do interior de São Paulo e teve como tema “Rainha do Gado”.

A sedutora cawgirl Fabiana aparece em poses sensuais sobre um cavalo, usando apenas uma calcinha mínima e botas no estilo country.

A ex-BBB esbanjou sensualidade não se intimidou de mostrar as curvas generosas que encantaram os marmanjos durante o reality show.








6.8.21

PROJETO60 - MINHA SOGRA METEU COM O ENTEADO


Como eu já contei aqui enquanto minha esposa estudava, as noites com minha sogra eram muito animadas. Entre uma farrinha e outra, nossas conversas foram “apimentando” e conheci o lado B dela.

Sempre achei estranha a forma como Cristina tratava Ricardinho, filho do seu segundo marido que, mesmo depois da separação, vinha lhe visitar com frequência e sempre pareciam muito íntimos. Numa noite, tomamos muito vinho e assunto veio à tona, resolvi perguntar o que tinha “rolado” entre ela e o enteado. Sogrinha ficou vermelha, gaguejou, mas disse que ia me contar um “segredo cabeludo” e que nunca tinha falado sobre isso com ninguém. 

Leo, depois que me separei fiquei deprimida, não saia de casa, não me relacionava com ninguém e foi assim por um bom tempo. Nessa época Jairzinho estava estudando na Itália. Ficamos aqui somente eu e a Carlinha. Conheci Marcos um viúvo inteligente e brincalhão. Não era muito quente na cama, parecia com meu primeiro marido, era só papai-mamãe, gozava rápido e eu quase sempre ficava no dedo, mas tinha uma vantagem - me fazia companhia. Tinha um filho de 17 anos, Ricardinho que morava com a mãe em Campo Grande. Todos os anos, nas férias escolares de janeiro, ele vinha para São Paulo ficar com o Pai e, pela primeira vez, ficaria em casa conosco. 

Início de janeiro fomos buscá-lo no aeroporto e quando ele surgiu no portão do desembarque, fiquei chocada! Ele não era mais um garoto magro e desajeitado que conheci, estava mais forte, corpo malhado tinha se transformado em um homem. 

Chegamos em casa, ele foi para o quarto desarrumar as malas e tomar banho. Quando ele entrou na cozinha, eu estava terminando de fazer o jantar, percebi bem as coxas e braços musculosos, eu brincando, para “quebrar o gelo” perguntei se ele estava malhando muito. Ele respondeu que perto da casa dele tinha uma academia bem legal e ia todos os dias.


Ele estava muito feliz por estar em casa com o Pai. Marcos perguntou da escola, se estava bem e se estava pegando muitas garotas em Campo Grande. Ele respondeu que não, que elas eram frescas e curtiam caras mais velhos. Me intrometi na conversa e disse que não acreditava que agora, ele “saradão” daquele jeito as garotas não deveriam dar sossego. 

Comemos, conversamos, tomamos duas garrafas de vinho... no final do jantar, percebi que ele ficou calado, pensativo, triste. O Pai perguntou o que ele tinha. Ele disse que não era nada..., mas que se sentia sozinho, que seus amigos comentavam sobre as namoradas e o que faziam juntos... E ele nada, na seca. Eu sabia muito bem o que estava acontecendo com o Ricardinho: Falta de sexo! Vontade de meter! 

Naquela noite, eu com sono, cansada, me despedi deles que ficaram conversando na sala e fui tomar banho para dormir. Aí dei a primeira vacilada - esqueci completamente que não estávamos sozinhos e sai pelada do banheiro. Só meu enteado viu e ficou paralisado me vendo peladinha.

Pela manhã, depois que o Pai saiu para trabalhar, toquei no assunto, me desculpei e expliquei a ele que no dia a dia, ainda mais nesse calor, era hábito eu sair nua do banho para me trocar no quarto.  Ele disse para eu não me preocupar e que não tinha visto nada. Tenho certeza que viu! 

Dois dias depois Marcos teve que viajar à trabalho e ficaria uns 15 dias fora. Disse a ele que não haveria problema e que eu “tomaria conta do meu enteado como se fosse meu filho”. 

Na ausência do Pai percebi que Ricardinho me olhava de forma diferente – me secava, olhava para minha bunda, espiava pela fresta da porta enquanto eu me trocava. 

Numa noite tomei banho, coloquei uma camisolinha e fomos assistir TV no quarto, acabei dormindo... despertei com a cama balançando e percebi que Ricardinho “tocava uma punheta”. Gelei, fiquei imóvel, “fiz que não tinha percebido nada”.

No dia seguinte depois do jantar, resolvi conversar com ele sobre o que tinha acontecido... ele ficou “desconcertado”, confessou que minha bunda estava a mostra, ele ficou com tesão e bateu uma punheta. Disse ainda que me achava muito bonita e gostosa. Fiquei chocada e não sabia o que fazer e falar. Resolvi que deveria parar de andar seminua pela casa, não deixar a porta do banheiro entreaberta quando for tomar banho e não colocar camisolinhas para dormir. 

Achei que o que tinha colocado em prática tinha surtido efeito, mas me enganei. A cena se repetiu - Cochilei com a TV ligada e sonolenta, senti meu enteado encostando em mim, roçando o pau duro na minha bunda e novamente batendo uma punheta. Me movimentei um pouco, ele se afastou, mas senti o jato de porra quente na minha pele. Ele tinha gozado! Sem saber o que fazer fingi que estava dormindo.

Acordei no dia seguinte sem saber se tinha sonhado com Ricardinho me “bolinando” ou se tinha sido real. Me levantei, senti a porra seca na minha pele, o que me trouxe a realidade. Precisava dar um basta naquela loucura – Eu deixando meu enteado com tesão!

Nesse momento enquanto Cristina contava aquela história, tesuda e bizarro, meu pau também estava duro e quase explodindo. Eu ouvia e batia uma punheta também! Cristina viu meu pau duro e resolveu me ajudar, fez uma chupeta deliciosa até eu gozar.

Sogrinha, continua...

Na tarde do dia seguinte, um calor fudido, cheguei em casa Ricardinho estava na sala jogando videogame. Disse a ele que precisávamos voltar a conversar sobre o que estava acontecendo e que aquilo ficaria entre mim e ele, que eu não falaria nada para o Pai dele, mas ele tinha que parar, que não era certo o que tinha acontecido na noite anterior. Ele repetiu que me achava gostosa, que tinha tesão, perguntou se eu não tinha gostado... Confessei a ele que tinha gostado, que senti muito tesão daquele pau duro encostado na minha bunda e estava envaidecia pelo fato de um garotão me desejar como mulher.  

Ele me disse que como ninguém ficaria sabendo, principalmente o pai dele, que era um segredo e que logo voltaria para Campo Grande, porque a gente não transava. Antes que eu dissesse algo ele me beijou na boca... assustei... não sabia o que falar...ainda para completar passou a mão na minha bunda e disse que eu era muito gostosa. 

A partir daquele momento todas as regras morais foram esquecidas. O desejo “falou mais alto” - mesmo sabendo a merda que estávamos fazendo e o que poderia acontecer, cedi aos nossos desejos. Se tivesse que “rolar” teríamos que ser naquela noite, porque Mario voltaria de viagem no dia seguinte. 

Fui tomar banho e acabei deixando, propositadamente, a porta do banheiro entreaberta. Ricardinho entrou e perguntou se podia tomar banho comigo. Não resisti ao pedido do meu enteado e deixei. Ele tirou a roupa, entrou no box, me beijou e começou a ensaboar minha bunda, minha buceta, meus peitos, me abaixei e chupei pau dele até gozar na minha boquinha. Minha xoxota encharcada escorria. Nos enxugamos, coloquei uma camisolinha e uma calcinha bem pequena e fomos para cama. Ficamos aos beijos e senti o pau duro novamente. O tesão só aumentava. Ele tirou minha calcinha e colocou o pau na portinha da buceta, forcou e lentamente a rola foi entrando cada vez mais fundo. Gemi e gozei, mas ele não tinha terminado ainda. Fiquei de quatro como uma cadela, ele veio por cima e senti o pau inteiro dentro de mim, pulsando, até a porra quente inundar minha xota. Demos mais umas três metidas aquela noite! O garoto era insaciável. Nos abraçamos e caíamos no sono.


No dia seguinte Mario voltou de viagem e tivemos que nos controlar. Vez ou outra rolava um amasso mais quente e fazia uma chupeta para ele. E isso acontece até hoje quando nos encontramos e quando da matamos a vontade e a saudades. 

Leo, agora você sabe a verdade! Esse é um segredo nosso!


4.8.21

MEU MARIDO ME INCENTIVOU A TER UM AMANTE


Meu marido me incentivou para eu arrumar um amante. Fiquei na dúvida se fazia a vontade dele ou não. Me perguntava até onde isso ia ser bom para nós dois. 

Aí surgiu um amigo que começou a ser mais insistente, e eu, sempre cortando, desviando, até que um dia ficamos sozinhos em casa e acabei me entregando para ele. Ele me abraçou por trás, me deu beijos na nuca e eu senti toda sua excitação. Não tinha como resistir, pois, não sou de ferro e esse amigo era muito gostoso. Neste dia transamos no sofá e no tapete da sala, foi muito gostoso, muito excitante mesmo.

Acabamos virando amantes e depois de um mês transando com ele, resolvi contar ao meu marido, pois tinha uma série de dúvidas na minha cabeça.

Será que o meu marido falou para o amigo dele dar em cima de mim? Nosso amigo contou alguma coisa para ele?

Quando contei para o meu marido ele vibrou de tesão e me fez contar com todos os detalhes das minhas transas com o nosso amigo.

Nosso casamento ficou melhor, mais cheio de tesão, tanto por meu marido, quanto por mim. Isso durou dois anos, até que o nosso amigo teve que mudar de cidade. Nunca pensei que ter um amante mudasse tanto a vida sexual do meu casamento.

2.8.21

TUCKING - O TRUQUE PARA ESCONDER O PAU

"Esconder meus órgãos sexuais é o que menos  me preocupa. Conheço vários segredinhos das trans mais velhas que dão super certo. É o básico, a gente prende para trás, como todo garoto faz de brincadeira uma hora ou outra"
LEA T.

Para quem não é cisgênero, o ato de esconder o pênis, conhecido como tucking ou aquendar, é um forma de se sentir mais confortável na própria pele. A prática também é excelente para quem quer criar um visual feminino para uma fantasia ou uma performance. Lembre-se, porém, de que a técnica envolve alguns riscos, logo, é muito importante tomar cuidado. Não saia manuseando as suas partes íntimas de qualquer jeito, tome medidas para prevenir irritações e infecções e use fita adesiva hospitalar em vez de fita crepe comum. Quando feito com frequência, o tucking pode irritar a pele. Experimente algumas alternativas, como usar roupas íntimas apertadas, modeladoras ou específicas para pessoas trans.





PERFECT!!!
Eu pensei que fosse difícil, porém, é fácil até, e fica parecido mesmo com uma vagina...
Olha, tem que ser muito macho para ser transexual no Brasil...
Parabéns pelo post, ótimo pra variar.
Tattouroug




Saudações Adorável Estranho.
Uma aula para satisfazer qualquer curioso..., mas ainda não estou satisfeita, me contento em vê pessoalmente, quem sabe até dou uma mãozinha na tarefa. Menino, achei que ficou o máximo essa demonstração, e não é que ficam charmosas com estas calcinhas?!
Escarlatte 
  
Interessante o procedimento que o rapaz faz para disfarçar e esconder seu pau. Deve ser desconfortável e uma coisa que não entendi bem e que não foi explicado foi esse tubo de creme, será cola?
Até que esse travesti tem um pinto e um saco lindo não?
Mas, o resultado ficou "quase" perfeito. Beleza.
Amante

Queridinhas, a cola usada no exemplo não e super bond, e uma espécie de cola de contato(sapateiro). Muito importante diferenciar isso
Anônimo