29.9.17

MULHERES TRAEM SIM!! E COM FREQUÊNCIA


Fizemos uma enquete sobre traição. "SEU MARIDO NÃO COME VC..."
O público votou e o resultado era o esperado:
24% das mulheres pensa em dar para outro.
42% Já estão dando para outro, e somente
3% se conformam com a situação.

O que dizem nosso leitores:
Vc nunca postou nada mais verdadeiro, Leo!
Eu repito Arnaldo Jabor quando diz que homem para trair precisa de outra mulher; mulher para trair precisa de um motivo. E os homens nunca se cansam de dar motivos pq são acomodados e esquecem que a conquista tem que ser algo diário. Ficam desejando a mulher da rua, achando a grama do vizinho sempre mais verde mas se esquecem que tb têm vizinhos... e que estão de olho na grama deles.
Quando a mulher trai ela é a puta, a vadia... mas ninguém quer saber o que aconteceu ali e geralmente é isso: quem não dá assistência abre espaço para a concorrência.
E dá-lhe chifre!
{Λїtą}_ŞT

Um comentário:

Rute Pinheiro disse...

Não considero nada de anormal as traiçãosm tanto das mulheres como dos homens, pois a monogamia não está na essência biológica do ser humano, foi algo imposto pela religião e daí o ser tão mal vista pela sociedade, que tornaram o sexo num tabu. Ao longo dos tempos sempre existiram traições de ambos sexos, talvez menos por parte da mulheres, que eram obrigadas a suster os seus impulsos sexuais com receio de serem descobertas, porque a própria lei (feita pelos homens) as condenava inclusivamente à morte, além de haver também sempre o receio de engravidarem fora do matrimónio, ou enquanto solteiras, dado a falta de contraceptivos e ainda a obrigatoriadade de irem virgens para o casamento. Actualmente alguma coisa mudou, além das das mulheres terem muito maior liberdade, só engravida quem quer e já raramente é exigida a virgindade na noite de núpcias, inclusivamente muitos maridos têm prazer em ver as esposas ter sexo com outros homens, enquanto outros optam por um casamento aberto ou por uma troca de parceiro, demonstrando assim que realmente a monogamia não está na essência biológica do ser humano. Agora mo meu caso, tenho 28 anos sou casada à 5 e desde o inicio que optamos por um casamento aberto. Entre nós não temos segredos, sempre que cada um de nós encontra um parceiro, de ocasião, com o qual exista quimica, seguimos em frente, embora o cônjuge não estaja presente, contando depois ao outro o que aconteceu. Desta forma não há traição. Outras vezes é na frente um do outro que trocamos de parceiro e é imenso o nosso prazer observando o gozo que cada um de nós está obtendo com os respectivos parceiros.