28.2.12

SEU TREPONEMA NÃO É PALLIDUM ...




Hospital Emílio Ribas de São Paulo registra cinco casos de sífilis, por dia, entre adultos




De acordo com o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde, referência nacional em doenças infectocontagiosas, a cada dia são confirmados, em média, cinco novos casos de sífilis entre adultos. Segundo o médico infectologista David Uip, diretor do hospital, o sexo oral sem o uso do preservativo tem sido uma das principais formas de transmissão da doença.

Entre os meses de novembro e dezembro de 2011, o Emílio Ribas diagnosticou 369 casos de sífilis, 347 deles em pessoas do sexo masculino. - A maioria dos infectados tem entre 40 e 43 anos de idade.

Segundo o relato dos médicos, é comum os pacientes narrarem que mesmo utilizando o preservativo no momento do sexo vaginal ou anal, consequentemente dispensam o uso da camisinha durante o sexo oral.




"Não temos dados estatísticos deste comportamento, porém, podemos afirmar que nas consultas ambulatoriais e de emergência, quase a totalidade dos pacientes com sífilis relatam não usar o preservativo no momento do sexo oral", afirma David Uip.




A sífilis integra o grupo das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) silenciosa, pode ser confundida muitas vezes com uma simples alergia ou irritação.

Os agravos da sífilis são apresentados em três estágios: primário, secundário e terciário. Após o contato sexual, os sintomas da doença primária podem aparecer entre duas e três semanas. A doença se manifesta com pequenas lesões, que são chamados de "cancro duro" - não dolorosas - na vagina, no pênis e na boca. Os sintomas tendem a desaparecer mesmo sem o tratamento devido e retornam depois de meses, seguindo para a segunda fase da doença. Nesta fase secundaria da sífilis, os sintomas voltam depois de meses, em alguns casos, semanas. São caracterizados pelas erupções principalmente nas palmas da mão e na planta do pé, ou em outras partes do corpo, acompanhado de febre alta, falta de apetite e prostração. Quando a sífilis não tem o tratamento completo e adequado, ela pode não apresentar sintomas e evoluir depois de décadas após o contágio. Durante todo esse período, o indivíduo contaminado pode continuar transmitindo a bactéria. As consequências podem levar a danos neurológicos graves como demência, meningite e dificuldade para andar, além das cardiopatias. Quanto mais cedo o diagnóstico e o tratamento da sífilis, menor o risco de complicações permanentes.


No Instituto Emílio Ribas os pacientes que apresentam os sintomas da sífilis podem realizar o teste gratuitamente.

27.2.12

CONCURSO CHILLI SEXIMAGENS



Em comemoração ao Quarto Aniversário do SEXIMAGINARIUM "no ar" o CONCURSO CHILLI SEXIMAGENS

PRÊMIO
Um exemplar do livro The New Erotic Photography*


COMO PARTICIPAR
Os PARTICIPANTES deverão encaminhar para - leo.seximaginarium@gmail.com - SEXIMAGENS, APIMENTADAS, ARDIDAS, TESUDAS (6 no máximo), acompanhadas de uma frase com 140 caracteres (como no Twitter) respondendo:

Uma seximagem é...

AS SEXIMAGENS devem ser enviados até as 23hs e 59min do dia 30 de março para leo.seximaginarium@gmail.com com nome ou pseudônimo tipo - HotChilli, Pimentinha, @pimenta @pornsexi ...
OBS. SÓ HAVERÁ PREMIAÇÃO COM NO MÍNIMO 20 PARTICIPANTES!

QUEM PODE PARTICIPAR
Homem, Mulher, Gay, Heteros, Homos, Bi ... Enfim, carinhas com qualquer orientação sexual, cor, credo, que tenham +18 anos.
Não vale foto de menores - pedofilia você manda para sua lixeira – e aquelas feitas para sacanear alguém!
Os participantes poderão concorrer com mais de uma seqüência de SEXIMAGENS

O USO DAS SEXIMAGENS
O material será postado no Blog SeximaginariuM à partir do dia 2 de abril, na ordem da data/hora de chegada do e-mail (máximo de 6 fotos) de uma só vez.

JULGAMENTO
No período de 3 a 17 de Abril as seqüências de fotos (no mínimo 20) ficaram postados no blog e serão avaliadas e julgadas pelos leitores do SeximaginariuM.

VENCEDORES
No dia 22 de Abril, em cerimônia aqui mesmo no SeximaginariuM, será anunciado o vencedor ou vencedora.
O livro será encaminhado para o/a vencedora por correio no período de 23 à 27 de abril.





*Os autores de New Erotic Photography - Dian Hanson e Eric Kroll - reuniram neste livro os melhores fotógrafos eróticos contemporâneos do mundo, cada um deles com um portfólio dos seus melhores trabalhos. Enquanto percorre as fotografias, eles discutem a inspiração, a censura, o modo de encontrar modelos e como ganhar a vida captando mulheres belas em película ou em muitos pontos minúsculos (píxeis).





O livro, editado pelaTaschen Editora, apresenta 55 fotográfos de 12 países em 420 paginas de nu artístico.
Os fotógrafos presentes neste livro são - Markus Amon, Alethea Austin, Marc Baptiste, Bruno Bisang, Lisa Boyle, Bob Carlos Clarke, Didier Carré, Robert Chouraqui, Barney Cokeliss, Bob Coulter, Yuri Dojc, Susan Egan, Alla Esipovich, Ivana Ford, Ed Fox, Peter Franck, Ralph Gibson, Steve Diet Goedde, Ludovic Goubet, James Graham, China Hamilton, Naomi Harris, Petter Hegre, Noritoshi Hirakawa, Mike James, Jive, Richard Kern, Chas Ray Krider, Eric Kroll, Vlastimil Kula, Hervé Lewis, Florian Lohmann, Ben Marcato, Olaf Martens, Natacha Merritt, Maki Miyashita, Ken-ichi Murata, Dave Naz, Sakiko Nomura, David Perry, George Pitts, Collin Rae, Nicola Ranaldi, Terry Richardson, Giovanni Sambuelli, Will Santillo, Jan Saudek, Joan Sinclair, Tony Stamolis, Missy Suicide, Jeremy Thompson, Rebecca Tillett, Larry Utley, Mariano Vargas e Yasuji Watanabe.

25.2.12

VIVIANE ARAUJO - A MUSASEXI 2012


Viviane Araújo é a Musa do Carnaval 2012. A rainha de bateria do Salgueiro e da Mancha Verde estampa a capa da Sexy de fevereiro. No SeximageM o ensaio da Gostosaaaa, que estampa as páginas da revista pela sétima vez. Vivi foi fotografada em São Paulo, nos estúdios do fotógrafo Thomas Susemihl. A Musa dobrou seus esforços com o corpo. "Fiz malhação e dieta. Uma rotina pesada disso"!!!

22.2.12

TODO CARNAVAL TEM SEU FIM...

...A BUNDA GELATINA DA VALESCA POPOZUDA...


...A BUNDA MOLE DA SABRINA SATO...


...A MEDALHINHA DO RENATO GAUCHO DE SOLANGE GOMES...


...OS PEITOS VESGOS DE GRACIELLA CARVALHO...


...O PENTEADO DE GLENDA KOZLOWSKI...


...O PINTO DAS PASSISTAS DA MANCHA VERDE...


...OS PEITOS DE SABRINA BOING BOING...


...A FANTASIA DA DANIELA FRANÇA...


...O APERTÃO DE DANIELA MERCURY...


...O TAPA SEXO DA PIMENTINHA...



...O BANHEIRO PÚBLICO...

11.2.12

TALKSEXI COM A @MoniquePrada


A Gauchinha Monique Prada ( @MoniquePrada ) é fútil quando convém e delicadamente sincera quando necessário. Se auto denomina pseudo-intelectualóide, bonitinha e ordinária. Optou por especializar-se na área de diversões para adultos.
"sou quase sempre boa companhia..."
Essa delicinha resolveu "abrir o jogo" pro seximaginarium e contar um pouquinho da sua vida!

LEO: Só os endiabrados e os endinheirados despem Prada?
Monique Prada: Só os endiabradinhos e generosos despem Prada. Não é necessário ser endinheirado – considerando que o investimento num encontro desta natureza é relativamente baixo.

LEO: Ser garota de programa é vocação, diversão ou perversão?
Monique Prada: No meu momento atual, levo como diversão.. diversão remunerada.. com uma pitada de perversão. ‘Vocação’, acho forte, muito embora acredite que todos nós nascemos com vocação a procurar prazer.. cada um o procura à sua forma..


LEO: Sexo pago é bom porque o cara pode variar, no final não existem cobranças e não se discute a relação?
Monique Prada: Sexo pago é fetiche.. e é bom, por que não deixa espaço pra cobranças. É viver o momento.

LEO: Por que os homens, mesmo os que têm mulheres lindas & deliciosas procuram garotas de programa?
Monique Prada: O gosto por novidade e o prazer do "proibido"...estão fortemente presentes neste tipo de relação... Isso atrai!



LEO: Do que os seus clientes mais gostam: sexo animal, suruba, papai-mamãe, fio terra, inversão...?
Monique Prada: Entendo que tudo é válido na busca do prazer, mas deixo meus limites bem claros.. fio-terra e inversão não me agradam.. de resto, procuro me envolver com o momento, e, ao que parece, é disso que eles gostam. Intensidade.

LEO: "Não pago somente para que essas respeitáveis mulheres se desloquem até a minha casa. Pago caro, sim, pela possibilidade de poder mandá-las embora na hora em que eu bem entender” O que vc acha disso?
Monique Prada: Considerando que a maioria liga mais de uma vez pra mesma acompanhante .. acredito que a frase esteja em desuso.

LEO: Ainda é comum o homem iniciar sua vida sexual com uma prostituta. Quantos "cabacinhos masculinos" vc tirou?
Monique Prada: Acredito que nenhum. Não me agradam meninos muito jovens, e inexperientes. Se tirei algum ‘cabacinho’, foi realmente por descuido rs

LEO: Um programa legal é..
Monique Prada: sempre que há cumplicidade, reciprocidade, troca de energia, busca de muito prazer a dois.


5.2.12

DEPILAÇÃO ÍNTIMA TOTAL E IRRESTRITA

As mulheres parecem ter resolvido a polêmica: pelos pubianos, melhor não tê-los. O resultado é que nunca como agora bucetas foram observadas tão de perto e, por que não?, acariciadas e melhor chupadas!

Uma pesquisa realizada com 2.451 americanas pela Universidade de Indiana e pelo Instituto Kinsey para Estudos sobre Sexo, Gênero e Reprodução mostrou que:
1. Quanto mais jovens as mulheres (18 a 24 anos), maior a prevalência da remoção total ou parcial de pelos pubianos (87,7% das entrevistadas). No grupo com mais de 50 anos, 51,7% declararam não ter arrancado um só fio no mês anterior.
2. Mulheres que removeram todos os seus pelos pubianos pelo menos uma vez nos 30 dias anteriores tinham maior probabilidade de ter observado seus genitais no mesmo período.
3. E em que grupo se encontraram as mulheres mais confiantes em relação a sua imagem genital? Pois é. Entre as que fizeram a depilação íntima total ou parcial.
4. Por fim, as "peladas" reportaram índices de satisfação sexual significantemente maior do que suas colegas "cabeludas".

Foram as brasileiras trabalhando como esteticistas que, na útima década, levaram a moda da depilação pubiana aos Estados Unidos. Antes disso as mulheres norte americanas pediam para fazer sobrancelha e meia perna. "E só. Tive de ir com muito tato para convencer americanas puritanas a tirar toda a roupa e abrir as pernas para mim. É preciso ganhar a confiança, mas aí faço tudo: região pubiana, área anal, tudo." declara uma depiladora brasileira.
Essas mulheres começaram a perceber uma parte do corpo que nunca antes tinham visto. "Muitas surpreendem-se com a delicadeza da pele lisa e com sua própria aparência. Saem daqui com a disposição de comprar uma calcinha sexy", diz Reny, autora do livro "Confissões de uma Depiladora Brasileira nos Estados Unidos" (Matrix, 151 págs.).

No Brasil as depiladoras admitem: se antes a moda era manter uma faixinha de pelos no meio (a parte que não apareceria mesmo usando biquíni), agora "A maioria já pede a depilação total", diz Maria Francisca Oliveira, do Salão Care, do Rio. "De 30 anos para menos, então, todas fazem." Dói? "Dói sim, não vou mentir. Por que elas então fazem? Três explicações: sexo, sexo e sexo"!!
Há uma correlação direta entre depilação e sexo oral. Mulheres que não removem pelos pubianos relataram, em 58,7% dos casos, ter recebido sexo oral nas quatro semanas anteriores à pesquisa. O índice subia a 70,8% para as que haviam feito uma remoção parcial e chegava aos 81,6% para aquelas sem pelo nenhum.

O OUTRO LADO

O pessoal do contra diz que se trata de mais um sintoma da clássica sujeição feminina aos homens, hoje convertidos à causa da depilação delas. Se fosse simplesmente isso, como explicar que, na pesquisa americana, 86% das bissexuais e 74% das lésbicas se declarem total ou parcialmente depiladas, índices em tudo semelhantes aos 80% das heterossexuais?
A dermatologista Mônica Aribi contraindica a depilação total: "Pelos protegem a região vaginal contra a invasão de bactérias e ajudam a manter a temperatura e o pH ideais para a região". O ginecologista Newton Busso diz que depilações feitas com cera reciclada expõem a mulher ao risco de contrair uma foliculite, inflamação do folículo piloso: "Como a cera é aplicada em uma temperatura alta, ela provoca a abertura do folículo, expondo-o mais a contaminações por bactérias."
Fonte: Folha de S.Paulo