28.4.21

SONHO DE CORNO MANSO


Minha esposa tem 30 anos. Sou um ano mais novo e ela gosta de homens mais velhos. Descobri que sou corno faz quatro anos, quando ela começou a chegar tarde em casa com a calcinha melada, buceta com cheiro de camisinha e sexo.

Uma noite esperei ela chegar em casa e pedi para ela me contar tudo, a verdade! Disse que no início saia com um cara mais velho, 48 anos, casado, e como trabalhavam próximo da praia, no horário de almoço saiam e transavam dentro do carro. Depois, fez muitas outras loucuras - metiam no estacionamento do supermercado, saia com dois homens, com casal e com mulheres. Fiquei muito excitado pelo que ela contou. Liberei para ela continuar me corneando, mas teria que me contar sempre o que acontecia, não podia fazer nada escondido.

Hoje ela está sozinha. Eu me acabo na punheta imaginando o comedor enchendo minha esposa de leite... ela chegando em casa com a calcinha melada de porra do macho, eu chupando a buceta, beijando a boca dela com gosto da rola do comedor.

Ainda não rolou, mas se rolar eu quero estar presente e quando o comedor estiver metendo nela de quatro, quero ficar por debaixo, sentindo o cheiro da foda. Quero que o macho soque na buceta, tire um pouco e coloque o pau tudo lambuzado na minha boca para eu chupar. Depois que o macho dela gozar na boquinha dela quero que ela passe tudinho para eu engolir. Outra coisa que quero é meter na bucetinha dela, depois que ele gozou dentro.

Mas tudo isso se ele encontrar um macho fixo. 

Nenhum comentário: