12.9.23

FLAGREI MEU IRMÃO CHEIRANDO MINHA CALCINHA


Me chamo Carol, tenho 18 anos e meu irmão é 5 anos mais velho que eu. Um dia presenciei uma cena que me deixou abismada - Flagrei meu irmão sentado no sofá assistindo filme pornográfico e se masturbando cheirando uma calcinha minha. Não acreditei no que estava vendo, comecei a chorar, ele saiu correndo para o banheiro. Fiquei p da vida, esperei ele sair e me dar uma explicação. Ele disse que sentia muito tesão em cheirar calcinhas usadas, me pediu desculpas e pediu para que eu não falasse para ninguém. 

Passado uns dias aquela cena não saia da minha cabeça e o pior, comecei a sentir tesão quando lembrava, colocava a minha mão na buceta e tocava uma siririca. Comecei a assistir vídeos com esse tema e ler contos. 

Tomei coragem e decidi provocar - sai do quarto de calcinha e camiseta do quarto, passei pela sala e percebi que ele estava me olhando. Passado alguns minutos ele foi para o banheiro, espiei pelo buraco da fechadura e vi ele batendo uma punheta. 

O tesão só aumentava. Um dia, estávamos sozinhos em casa, ele na sala assistindo TV, tomei banho, coloquei uma calcinha sexi, vesti uma camiseta e me deitei no colo dele, senti o pau dele duro. Ficamos uns minutos vendo o filme, coloquei a mão por dentro da minha calcinha ele ficou olhando e colocou a mão por dentro da bermuda para ajeitar o pau.

- Vamos fazer uma troca: te dou minha calcinha e você me dá sua cueca. 

Ficamos uns minutos em silencio até que tomei a inciativa e tirei... fiquei só de camiseta. Ele tirou a bermuda e ficou de cueca.

- A calcinha está aqui quero a sua cueca!

Ele tirou e me deu. Vi o pinto dele pela primeira vez, era grande e peludo. Estava muito molhada com aquilo. Começamos nossa primeira masturbação juntos ele batia e parava. Pegou minha calcinha e em segundos ele gozou um monte de porra! Pedi para ele colocar a mão na minha coxa perto da buceta, acelerei minha siririca e gozei bem gostoso, a melhor até esse dia. 

Desde então nunca mais paramos. Fazemos sexo oral um no outro ele já gozou na minha boca algumas vezes mais ele gosta mesmo é de gozar nas minhas calcinhas. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Uiii tão bom isso, quantas vezes o fiz com as da minha irmã e mãe e quantas vezes me vim bem forte com elas enroladas no pau bem duro! Cheirar cuequinha melada e lamber de uma irmã e mãe é algo delicioso. Mas de outras mulheres também ;)

Anônimo disse...

Eu tinha um amigo que era louco de tezão pela minha esposa. Era um segredinho nosso. Eu costumava levar calcinhas usadas dela pra ele cheirar e calcinhas limpas pra ele passar na rola e gozar no forro. Eu guardava na gaveta e quando ela vestia as calcinhas gozadas eu dava um jeito de fotografá-la vestida e mostrava pra ele. Contava pra ele tudo o que ele queria saber sobre a intimidade do nosso casamento. Ele era louco pra comer minha esposa mas nunca deu certo.

Anônimo disse...

Tão bom isso sem ela saber, vestir as cuecas esporradas por outro, também já o fiz. Mas gostar, gosto mesmo é de apanhar as sujas a cheirar à cona delas e bater uma ou duas bem fortes cheirando e lambendo a cueca na zona suja e enrolando ela no pau para as deixar bem esporradas e voltar a colocar onde estavam.