6.7.19

O COMEDOR DA MINHA ESPOSA É UM GAROTÃO DE 16 ANOS

Sou casado a 25 anos e tenho uma esposa deliciosa com 50 aninhos. Vou contar para vocês o tesão de ser corno de um garotão de 16 anos, alto, forte, que trabalhava no nosso restaurante em Uberlândia MG. Comecei a imaginar Flavio comendo a Cintia, minha esposa.
Comentei com ela. De cara disse que eu estava louco, pois ele era um menino, com idade para ser nosso filho e que jamais iria rolar.
Um dia entrei no vestiário do restaurante e flagrei o taradinho cheirando uma calcinha e batendo uma punheta!
Comentei com minha esposa que confessou que desconfia que ele roubava suas calcinhas e que tinha tesão nisso! 
- Confesso que depois que descobri esse fetiche e o tesão dele por mim, comecei a pensar e imaginar...
-Imaginar o que??
-Eu dando para ele. Amor, vou reconsiderar... Quero meter com ele!
Dei a maior força. Mas disse que não participaria pelo fato de ser um funcionário e ele perderia o respeito.
Começamos a pensar no plano. Ela pediu para eu arrumar um motivo para ele ir a noite lá em casa, já que trabalhava até as 10 hs da noite.
Pedi para o garotão me ajudar a fazer umas coisas em casa... Ele topou e foi. Começamos a desmontar um armário e o trabalho foi até tarde. Aí propus que ele dormisse lá! 
Ele ficou no sofá e nós fomos para o quarto. Minha esposa vestiu uma camiseta que mal cobria a bunda e voltou para sala para assistir TV.  Sentou-se no sofá fazendo com que a camiseta subisse e aparecesse a bucetinha dela.
Flavio ficou vidrado nela. Ela olhou para ele, percebeu que estava de pau duro deu um sorrisinho safado... Como o sofá dela estava próximo ao dele, ela levou a mão nas pernas dele e subiu, pegou no pau dele que estava batendo no umbigo de tão duro, ajoelhou e mamou!
Ele todo apavorado olhava para o quarto e para ela chupando o pau. Minha esposinha mamou nele até ele gozar na boca dela.
Na semana seguinte convidei o garotão para jantar em casa. Terminamos, tomamos café ela deitou-se no tapete, estava de minissaia:
- Flavio tomei uma injeção na bunda e está doendo... Me faz uma massagem?
Fiquei surpreso, falar isso na minha frente não estava nos nossos planos!
O menino travou, me olhou, querendo entender o que estava acontecendo.
Ai a safada pediu de novo, eu entendi que ela queria brincar, falei pra ele para fazer. Pensei vamos ver até onde vai!
Ele começou a massagear a bunda de minha esposa por cima da saia. Ela disse:
Assim não, põe a mão por dentro da calcinha!
Ele me olhou de novo sorrindo, tipo e agora? falei para ele com muito tesão – Faça o que ela está pedindo!
Ele levantou a saia dela se deparou com fio dental enterrado na bundona!!
Começou a massagear a bunda. A safada começou a gemer ele me olhava com um sorriso de menino ingênuo... Eu com o pau estourando dentro das calças, pensei fomos até aqui, quero ver o final!
Dei sinal para ele tirar a calcinha dela. O safado rapidinho obedeceu! tirou deixando-a só de blusinha. Ela se virou de frente, ambos sorriram um pro outro, ele começou a alisar e chupar bocetinha da minha putinha, que não parava de gemer!
Ela se deitou por cima dele e mamou o pau dele. Depois abriu bem as pernas e foi metendo nela... Ela gemia de mais, com aquele menino novinho metendo na buceta dela!
Depois dele meter de frente por 25 minutos sem gozar, ela ficou de 4, posição predileta dela, olhou bem para mim e disse:
- Olha corno você não queria ver um novinho metendo na sua putinha? Garoto mete gostoso mata sua vontade e mete pro corno ver!
O menino me olhava e metia nela feliz da vida! Gozou muito na bucetinha dela, mas o pau não baixou não!
Ela pediu para ele se deitar e foi por cima dele, ficou esfregando num vai e vem na pica do menino. Eu não resisti segurei no pau dele e encaixei na bucetinha dela, que delícia estava duro batendo no umbigo!
Ele meteu nela de 10 hs da noite até 01 da manhã. Eu bati umas 4 punhetas.
La pela 4 hs da manhã acordei com os gemidos dela, abri o olho e lá estava ela de 4 e ele metendo de novo. Não resisti e dei o pau para ela chupar, gozei na boca dela.
Moramos nessa cidade um bom tempo, e o menino virou o comedor fixo da minha esposa. 
Mudamos para Belo Horizonte, o garoto cresceu e casou. Cintia está querendo um novinho...

6 comentários:

Corno Manso disse...

Olá amigos estamos lhes convidando para conhecer o nosso site, que foi feito especialmente para vocês, site cuckold.
Faça o seu cadastros gratuito e aproveite.
www.BrasilManso.com.br

23liso disse...

Felipe23r@gmail.com
23 anos só me manda email bjs corno

Corno Manso disse...

Olá lindos post...
E não poderíamos deixar de parabenizar ao blog pelo belo e lindo trabalho que vem realizando ajudando a divulgar essas esposas maravilhosas.
E pelo belo trabalho realizado em levantar a bandeira da cornitude e realizando isso da mais bela forma.
E queremos convidar todos a visitarem o nosso blog que também é um blog do gênero cuckold
www.BrasilManso.blogspot.com.br

Riko disse...

Sou do RJ, moreno, corpo atlético, 18cm de pica grossa e cabeçuda. Gosto de dominar e fazer da sua esposa, minha putinha. sigilo total meu e-mail riko.morenorj@gmail.com

RikoRJ disse...

Sou do RJ, moreno, corpo atlético, 18cm de pica grossa e cabeçuda. Gosto de dominar e fazer da sua esposa, minha putinha. sigilo total meu e-mail riko.morenorj@gmail.com

Olga de Fátima disse...

O meu comedor quando começou a foder-me também tinha 18 anos, atualmente tem 20; eu tenho 31, portanto já são passados 2 anos que corneio o meu marido. Ele continua sem nada saber, diz que desde à algum tempo ando muito mais bem disposta, mais alegre, mais comunicativa, mais atenciosa para com ele, inclusivamente na cama conjugal, faço recordar-lhe a nossa lua de mel. Mal sabe ele a razão! O motivo que me levou a iniciar este saltar a cerca, foi o meu marido não me satisfazer sexualmente, raras vezes conseguia um orgasmo com ele; não porque seja demasiado velho, pois tem apenas 33 anos. A minha primeira vez com este meu jovem comedor foi tão delicioso que nunca mais paramos, leva-me às nuvens, principalmente no sexo oral, até no sexo com o meu marido passei a sentir muito maior prazer, os nossos encontros repetem-se mais ou menos uma vez por semana e tudo fazemos tão discretamente que ninguém tem a minima suspeita; portanto qualquer mulher que saltar a cerca, se tomar as devidas precauções, será bastante difícil ser descoberta.